Métodos de Bronzeamento de Pele

Quando os dias de sol começam a aparecer e no calendário você percebe que falta pouco para o verão, antes mesmo de conferir se o biquíni do ano passado ainda está legal, vale dar uma conferida no espelho. É bem normal que no outono e no inverno, com a menor frequência do sol, os dias não muito quentes, todo mundo se descuide do bronzeado, mas ninguém quer chegar na praia assustando até mesmo o astro rei.

Para as pessoas com a pele mais clara, o problema é dobrado, porque ficam clarinhas mesmo. O que não quer dizer que você precise passar por um salão e fazer um bronzeamento artificial, que seria uma opção, mas existem também outras. Veja algumas dicas!

1- Bronzeamento Natural

A melhor maneira de pegar uma cor de forma 100% saudável é tomando sol, nos horários adequados e não deixando de lado o uso do protetor solar. Não entre nessa de deixar a proteção para ficar bronzeada mais rápido, porque além da cor sumir bem mais rápido, você estará comprometendo a sua pele.

Se você não quer chegar na praia ou no clube com a cor do inverno, pegue um biquíni, encontre um cantinho da sua casa que bata sol, passe protetor solar e comece a pegar uma corzinha.

Se você não está nem aí, tome esse sol mesmo no clube ou na praia, respeite os horários recomendados pelos dermatologistas e use acessórios, como chapéu e óculos de sol. Não se esqueça de consumir muita água.

2- Com a Ajuda do Óleo Bronzeador

Se você quer mesmo uma ajuda extra, com bronzeador, escolha aqueles que possuem filtro solar, pelo menos de fator 15. É uma forma de pegar uma cor sem descuidar da saúde da sua pele. Bronzeador com proteção inferior a 15 não é recomendado pelos dermatologistas. Lembre-se que o câncer de pele não é uma brincadeira e é provocado pelo excesso de sol que pegamos ao longo da vida.

É Importante Saber Como Usar o Protetor Solar e Quando Pegar Sol

  • O protetor solar não é para ser usado somente quando você chega na praia ou no clube, ele deve ser aplicado 20 minutos antes de você sair de casa, para garantir a eficácia quando se chega no lugar sem proteção do sol. Assim como é necessário repassar, mesmo quando ele é a prova d’água, depois de se molhar e também nas vezes que transpirar em excesso.
  • Para quem está querendo tomar sol é necessário estar em um lugar confortável, uma boa cadeira, por exemplo. Evite ficar toda torta para não queimar mais um lado do que o outro e também considere ficar um pouco virada de cada um deles.
  • Não tente ficar bronzeada no primeiro dia, se isso acontecer, significa que você abusou do sol, de 10 horas da manhã até 16 horas não é adequado tomar sol. O certo é ficar antes ou depois desse horário, no máximo 3 horas por dia.
  • Faça isso várias vezes e chegará a ter um bronzeado bonito e duradouro, o que com um dia só você não consegue. Pode perceber, se uma pessoa fica exposta um dia inteiro no sol, fica muito queimada logo de cara, no primeiro dia tem a cor bonita, mas já no segundo, começa desbotar, isso quando não começa a descascar.

Como Aumentar o Tempo de Duração do Bronzeado

Conseguiu a cor que você queria é hora de mantê-la e tem sim, como fazer isso, anote algumas dicas:

  • Depois de tomar sol, banho, use cremes hidratantes à base de aloe.
  • Continue tomando sol, moderadamente, mas capriche no creme solar, até mesmo quando sair de casa para o trabalho.

3- Bronzeamento Artificial

Sim, você também pode usar o bronzeamento artificial se quiser chegar na praia ou no clube com a cor do verão mesmo tendo saído do inverno. Porém, escolha um lugar certo para fazê-lo e jamais exagere, pois o método pode causar tantos efeitos nocivos quanto o sol em horário indevido.

Faça sempre o tempo mínimo e não se esqueça de colocar o marcador de tempo automático, caso a pessoa que esteja no salão esqueça, ela será alertada. Não pense que isso não acontece, pelo contrário, é muito comum em um grande salão, as clientes ficarem esquecidas na câmara de bronzeamento. Além disso, nunca peça pela potência máxima.

Creme Autobronzeador é uma outra opção, um outro método de bronzeamento de pele, não sol, não câmara, mas um simples produto que pode ser comprada em farmácias e perfumarias. A primeira desvantagem desse tipo de creme é que o bronzeado dura bem pouco, porém, pode ser a solução ideal para quem está com pressa.

A diferença de qualidade de um creme de bronzeamento para o outro também é muito grande, cuidado com o muito barato e também não abuse da quantidade. Dicas para quem está querendo usar o creme autobronzeador:

  • Antes de passar o creme autobronzeador para que seja mais eficaz a sua atuação faça uma esfoliação completa. Isso evita que você faça o processo na pele morta, que acabará descascando e o resultado é muito feio.
  • Dê preferência a produtos que se pode ver a cor, assim você tem exatamente ideia da quantidade que está sendo colocada. Os cremes invisíveis costumam enganar muito. Antes da pele ficar alaranjada, pare de passar.
  • Para ter o melhor resultado usando o produto, use pouco em várias vezes, ao invés, de muito em poucas.
  • Dos métodos de bronzeamento artificial, o à jato é o mais seguro, porém, dura menos.
  • No sol beba muita água.
  • Não esqueça de dar o mesmo tempo para bronzear as costas dado para a frente.
  • Se você puder deitar próximo a água é melhor, pois o sol reflete e queima mais rapidamente.
  • Se faz muito tempo que você não toma sol, vá com calma, a pele precisa se acostumar.
  • Se você estiver no sol e começar a sentir a sensação de que a sua pele está queimando, não ignore, provavelmente é isso mesmo que está acontecendo. Saia do sol, dê uma pausa, coloque mais protetor solar. O correto mesmo seria não voltar a pegar sol neste dia.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Pele

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.