Tipos de Protetor Solar

Cada época do ano pede cuidados diferenciados para a pele. Mas tem um cuidado e um produto que deve ser usado o ano todo: o protetor solar. Tanto nas dicas do verão com de inverno de cuidados com a pele, o protetor solar deve estar presente na bolsa das mulheres Especialmente no Brasil, onde o clima é quente mesmo com pancadas de chuva.

Os protetores solares são produtos voltados para proteger a pele dos raios UVA e UVB, nocivos ao organismo e que podem causar o envelhecimento precoce da pele. Sem o protetor solar, a pele pode sofrer danos diretos causados pelos raios solares e pode criar manchas e até desenvolver câncer de pele. Logo, o cuidado com o produto é essencial, não é mesmo? Mas para ter o melhor benefício do produto, é preciso escolher qual o certo. Conheça os tipos de protetor solar e seus usos mais indicados.

Protetor Solar em Creme

Mais tradicional, ele deve ser aplicado na pele como um hidratante. O formato em creme é mais indicado porque ele cria uma camada protetora mais consistente e por isso age melhor na proteção da pele e também tem bem mais hidratante que os demais. A desvantagem é que ele demora um pouco a ser absorvido pela pele, por isso outros formatos são mais indicados. O aroma deste tipo de produto é mais forte, por isso as crianças não gostam muito.

Uma das desvantagens deste produto é o excesso de oleosidade do creme, o que causa espinhas e ainda sebo na pele de quem já tem a pele oleosa. Pessoas com a pele rica em gordura devem evitar este tipo de protetor solar. Em contrapartida, pessoas com a pele seca vão se dar muito bem com seu uso.

Existem diversos em creme de marcas tanto populares como não populares como Avon, Nívea, Johnson & Johnson e muitas outras. Os valores vão de apenas R$ 10 a R$ 50, variando de acordo com o fator de proteção e a marca do produto.

Protetor Solar em Spray

Crianças não costumam gostar da aplicação do protetor solar preferem usar o spray, que é mais rápido na luta dos pais para proteger a pele do filho. O protetor em spray é mais líquido também, mais leve, e por isso é mais rapidamente absorvido pela pele. Costuma ser vendido mais caro pela forma prática de aplicação, chegando a custar em média R$ 100. O aroma deste produto é mais suave, por isso agrada mais aos pequenos.

Protetor Solar em Gel

O protetor em gel ou gel creme, como é comumente chamado, é considerado uma novidade ainda e não caiu nas graças do público porque o creme do tipo hidratante é considerado mais eficaz. Uma pele mais seca vai se dar melhor com este tipo de proteção também, pois ele tem maior poder hidratante e também ajuda a prevenir espinhas. O valor pode chegar a R$ 100 dependendo do fator de proteção.

O formato em gel é mais indicado para pessoas com a pele oleosa, pois ele se fixa pouco na pele e é rapidamente absorvido. Não criam aquela camada de gordura que o formato em creme propicia, por isso são mais indicados para quem sofre bastante com espinhas.

Com Proteção Contra Raios UVA

A maior parte dos protetores solares no mercado costumam proteger contra os raios considerados potencialmente mais nocivos, os do tipo UVA. Mas a proteção contra os raios UVA, indicada na embalagem por um  ”+” é importante, em especial para pessoas com a pele muito clara e idosos. Este raio é um dos mais nocivos para o câncer de pele, por isso a procura pelo simbolo de soma deve ser feita nas lojas no seu produto.

no images were found

Protetor Solar com Bronzeador

Quer ganhar um bronze com sabedoria? Este é o produto perfeito para se usar. O protetor solar com tonalizante age deixando a pele mais morena ao mesmo tempo que hidrata e protege. Muitas pessoas costumam ir para a praia por pouco tempo e querem aproveitar ao máximo o sol, por isso costumam tomar bronze nas areias da praia ou borda da piscina. Para que isso aconteça de forma segura, o melhor é partir para um protetor com fator alto.

Protetor Solar com Tonalizante de Pele

Existem bronzeadores artificiais que ajudam a pele a ganhar aquele tom de verão tão invejado em modelos e artistas sem sair de casa. Para igual uso, existem os protetores solares com pigmentos que ajudam a pele a ganhar um tom mais bronzeado quando usados. O efeito é passageiro e deve ir embora no primeiro banho, mas é ótimo para disfarçar os anos longe da praia mesmo que você esteja indo para a beira mar.

Como Usar o Protetor Solar

O segredo do uso e eficiência do protetor solar é a forma de sua aplicação. Nada de usar o produto apenas quando estive na praia ou sob sol intenso. Deve-se aplicar o produto sob a pele sem proteção de roupas e chapéus todos os dias, o dia todo. A cada quatro horas uma nova camada de proteção deve ser aplicada.

Nos dias de inverno, o produto também não deve ser dispensando. Mesmo sem sol direto, os raios ultrapassam as nuvens e podem causar danos a sua pele. O protetor deve ser usado mesmo em dias de frio se a pele for exposta ao sol e sempre com reposição a cada quatro horas, da mesma forma que se usaria sob sol intenso.

O fator do protetor também é extremamente importante, que vai de acordo com cada tipo de pele. O protetor solar de apenas fator 8 pode ser usado para peles negras e que não vão a praia. A partir de 15 é que os dermatologistas recomendam usar no dia a dia. O fator 30 é o ideal para crianças e pessoas com a pele branca e 50 para idosos e pessoas com a pele extremamente branca (do tipo asiática).

E você acha que estando em um guarda sol na sombra não deve usar o protetor solar? Jamais. Os raios solares são refletidos pela areia e enviados para cima de novo, podendo causar danos de igual forma a sua pele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>