Métodos de Depilação Íntima

Um dos tratamentos estéticos que as mulheres brasileiras mais fazem é a depilação, por diversos motivos: higiene, beleza e praticidade. E os locais são os mais diversos, indo da comum e conhecida depilação na perna até os locais mais íntimos. Mas para as novatas, a grande pergunta é: como fazer a depilação na virilha e regiões anexas? Os métodos e estilos são tantos que a dúvida vai vir uma hora ou outra. Confira os diferentes tipos e saiba qual se adéqua ao seu estilo.

http://www.youtube.com/watch?v=w9Ljm2MWWpk

Os Diferentes Métodos de Depilação Íntima

  • Com Barbeador – as fabricantes de barbeador masculino até começaram a lançar modelos rosas para agradar às meninas. O barbeador é com certeza o método mais antigo de remover pêlos da região íntima e o mais popular. Os principais atrativos são o baixo custo (um barbeador custa menos de R$ 5), praticidade e rapidez: em menos de cinco minutos está tudo removido!  A principal desvantagem deste método é que ele corta o pelo e não o remove pela raiz. Isso faz com que a pelugem cresça bem mais grossa, mais rápido e coce bastante. Aumenta também as chances de irritação e de pelos encravados.
  • Com Cera Quente – este é o mais indicado por diversos motivos. O pelo irá crescer bem mais fino e e o período de crescimento vai ficando cada vez mais lento, pois se remove o pelo pela raiz. No começo a mulher irá fazer uma depilação quinzenal, mas vai passar para mensal ou até mais de acordo com a sua frequência de usar apenas este método de remoção. É um dos mais populares métodos de depilação. Pode ser feito em clínicas de beleza ou em casa mesmo sem qualquer problema. O grande problema para as iniciantes é apenas a dor mesmo. Mas com o passar do tempo, o pelo já vai saindo mais rápido e a dor vai ficando cada vez menor até cessar quase completamente.
  • Com Cera Fria –as adeptas costumam narrar que este dói mais que a cera quente, pois a alta temperatura prepara um pouco a pele para um puxão. A cera fria é aplicada do mesmo método que a cera quente: passa-se na pele com uma folha depilatória e depois é só puxar, no sentido contrário dos pelos. Costuma ser um método bem aceito pelo público brasileiro.
  • Com Pinça de Sobrancelha – há quem use este método na região mais sensível do corpo para depilar, que é considerado bem funcional se você aguenta a dor porque ele remove o pêlo na raiz. Com o tempo alguns locais nem vão crescer mais pelo ou vai crescer bem mais fino, ajudando na estética da região.
  • Com Fios – este método asiático é praticado em clínicas de estética e é considerado sem dor. Contudo, em algumas regiões ele não pode ser aplicado, ficando apenas para a parte da virilha e mais acima da região íntima, ainda coberta com biquíni.
  • Com Lazer – também conhecida como depilação definitiva, é mais usada na virilha para quem quer mesmo se livrar das idas e vindas às clínicas de estética. Costuma ser eficiente, mas não é 100% garantido: pode demorar, mas a pelugem pode crescer novamente. Exige um pós tratamento enorme para a pele cicatrizar bem e não ficar com manchas e pode exigir novas sessões até remover tudo.
  • Com Tesoura – aqui é mais um ‘aparar’ as pontas mesmo. Usado geralmente para diminuir o volume dos pelos, ideal para as mulheres que não querem retirar nada, não querem pelugem em excesso e tem uma pele muito sensível.

Os Diferentes Estilos de Depilação Íntima

Depilar esta área é delicado e para algumas mulheres envolve uma questão de estilo e preferências. Qual será o seu estilo? Confira os mais populares:

  • À Francesa – sem depilação na verdade. As mulheres francesas são conhecidas por não aderirem nem à depilação das axilas, sendo bem criticas. Contudo, é o mais indicado pelos médicos para proteger a região íntima de doenças.
  • Apenas na Virilha – a ideia é só usar um biquini mesmo sem demonstrar nada demais. A maior parte das mulheres apenas cuida da virilha e muito bem, tendo pouca dor e cuidando da marquinha do bronze
  • Total – a depilação total anda na moda entre as brasileiras. Consiste em tirar tudo mesmo: desde a parte abaixo do umbigo até o ânus. No começo pode ser doloroso, mas como dissemos antes, o pelo vai saindo cada vez mais rápido e sem dor com o tempo.
  • Com Desenhos – desenhos na região íntima andaram na moda em 2012 nas clínicas de estéticas. As mulheres poderiam aderir à borboletas, corações, maças, dentre outros modelos. O desenho precisa ser feito com cera, seja quente ou fria, com moldes para garantir um bom desenho.

Depilação Total não é Recomendada Por Médicos

Os ginecologistas alertam que, apesar de estar na moda, a depilação total não é a mais indicada para nosso clima e nem para a anatomia do corpo feminino. A depilação total envolve a remoção total da pelugem, deixando a região extremamente delicada exposta a fungos e bactérias que, sem os pelos para se prenderem, podem contrair infecções diversas. O ideal seria deixar os pelos tanto na região da aberta dos grandes lábios como do ânus.

 

Dicas Para Depilar a Região Íntima com Estilo Profissional

  • – Use sempre um creme pós depilatório para evitar pelos encravados e irritações, em especial quando se adere ao método de cera quente.
  • – depilação em casa? Tome um banho primeiro. A pele hidratada ajuda aos pelos saírem mais rapidamente, doendo menos.
  • – evite os períodos pré menstrual. A região fica mais sensível e vai doer mais.
  • – Vai ter um encontro? Depile dois dias antes ao menos. A região sempre fica bem sensível após uma depilação e com um tom vermelho, podendo ter um inchaço que vai durar no máximo 24 horas. Por isso a antecipação é importante.
  •  – Evite passar a cera quente mais de duas vezes. Não removeu tudo? Use um barbeador. Mais que duas aplicações de cera quente pode queimar a pele e deixar feridas.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.