Recuperação da Otoplastia: Cirurgia da Orelha

A otoplastia ou simplesmente a “cirurgia de orelha” é feita para melhorar as proporções, a forma e até mesmo a posição do órgão. Pode ser feita em pessoas de qualquer idade, mas não é recomendada para crianças na faixa etária entre 4 e 6 anos. Segundo os médicos, o período não é aconselhável porque se trata do momento em que as orelhas estão chegando ao crescimento completo e final.

A cirurgia para correção das orelhas é simples, feita com uma pequena incisão no sulco localizado atrás delas. Feito isso, o médico recoloca na estrutura que estiver mais perto da cabeça e termina fazendo as dobra cartilaginosas.

No ponto da cartilagem é que está o maior desafio dos cirurgiões, pois elas são feitas com várias curvas, e por isso, o paciente que passa pela cirurgia precisa ter paciência para se recuperar . O tempo para recperação de otoplastia pode durar entre 2 ou 3 meses. Esse é o período médio para que o inchaço desapareça.

O Período de Recuperação da Otoplastia

O tempo de recuperação nem é tão pouco e nem é muito, porém, exige que o paciente tenha repouso total neste período. Além disso, durante os 2 ou 3 meses, que o médico julgará necessário, o paciente deve ter a cabeça sempre elevada.

O primeiro curativo, que tem a forma de um capacete não precisa ser mantido por um longo período, depois de 3 dias, passada a cirurgia, ele poderá ser retirado, mas deverá ser substituído, por uma faixa elástica compressiva. Esse acessório deverá permanecer sobre as orelhas durante duas semanas. Na primeira semana, a faixa elástica deverá ser usada durante 24 horas e na segunda semana, apenas metade do dia, 12 horas.

Cuidados Pós- Cirurgia de Orelhas

Uma vez que o paciente passa pela cirurgia para correção das orelhas ele não deve tracioná-las de jeito nenhum. Isso faria com que os pontos arrebentassem. Neste período de recuperação, todo cuidado é pouco, até mesmo nas atividades mais simples do dia.

Falando em atividades, as físicas, só poderão ser retomadas depois de passar 3 ou 4 semanas da otoplastia. Porém, somente aquelas que não apresentam nenhum risco de traumatismo. Neste caso, o paciente deve esperar 2 meses como mínimo para retomar a atividade física.

O resultado final da otoplastia só pode sr constatado depois de passar 2 meses da cirurgia. Para evitar qualquer susto é necessário seguir todas as recomendações médicas, principalmente, os prazos de recuperação.

Dúvidas Sobre a Otoplastia

O que é: uma cirurgia feita nas orelhas, normalmente, com o intuito de faze algum tipo de correção, também server para diminuir o tamanho. Neste caso, é muito comum que seja feita em crianças com 14 anos de idade.

Tipos de pacientes “candidatos” a esse tipo de cirurgia:

  • Pessoas cuja orelha tem a ponta dobrada para frente ou para baixo.
  • Pessoas com orelhas ou muito pequenas ou grandes demais.
  • Pessoas com orelhas que não apresentam a curva na borda na parte externa.
  • Pessoas cuja orelha tem o lóbulo esticado ou grande ou ainda, com vincos, dobras ou enrugados.
  • Pessoas que nasceram sem as orelhas ou as perderam em acidentes.

Como são os resultados: a otoplastia costuma atender as expectativas de quem faz esse tipo de cirurgia. A grande maioria das pessoas se dizem felizes com o resultado final. Porém, vale resslatar que os médicos não prometem a perfeição, mas sim, melhorar o que está incomodando o paciente. Não adianta buscar a simetria perfeita, pois ela não existe, garantem os médicos.

Tipo de anestesia usada na otoplastia: no caso das crianças é usada a anestesia geral, para que ela fique tranquila dormindo. Já quando se trata de pacientes adultos, pode ser feita com sedação e anestesia local.

Como é Feita a Otoplastia

Esse tipo de cirurgia costuma demorar entre duas e três horas, mas pode superar esse tempo em casos considerados mais complexos. Até porque existem técnicas diferentes que são escolhidas de acordo com cada caso. Porém, a mais comum é feita com uma pequena incisão atrás da orelha.

O cirurgião depois de fazer essa incisão trabalha com a cartilagem que fica exposta e posiciona para mais perto da cabeça do paciente. Em alguns casos, pode ser que uma parte da cartilagem seja removida pelo cirurgião.

Para manter o novo formato das orelhas, em alguns casos, os pontos permanecem. Além dessa forma de operar, em outra técnica, a incisão também é feita atrás da orelha, mas os pontos servem para auxiliar a modelar e a cartilagem, neste caso, não é removida.

A cicatriz da otoplastia costuma ser muito discreta e com o tempo pode até mesmo desaparecer.

Um Pouco Mais Sobre a Recuperação da Otoplastia

  • Poucas horas depois de passar pela otoplastia podemos dizer que as pessoas já podem levar uma vida normal. Sair do hospital, mas normalmente, os médicos pedem que o paciente fique pelo menos uma noite, principalmente, quando se trata de uma criança.
  • A faixa elástica é necessária para ser colocada no lugar do curativo, tipo capacete, feito logo depois da cirurgia. Ela fará a proteção necessária para a recuperação do paciente.
  • Nos primeiros dias depois da cirurgia a sensação é de orelhas doloridas, pode latejar um pouco também, mas basta um remédio específico para que esse incômodo desapareça.
  • Todas as instruções do médico devem ser seguidas e pode ser que não sejam as mesmas que se submeteu um amigo que passou pela mesma cirurgia. Cada caso é um caso, obedeça e não questione.
  • Os pontos, quando são retirados, isso acontece uma semana depois da cirurgia, em geral.
  • Durante o período de recuperação da otoplastia é muito importante, principalmente, no primeiro mês, evitar qualquer atrito na área que sofreu a cirurgia.
  • O processo de recuperação total, se todos os cuidados forem seguidos, varia entre 1 a 2 meses, depende do paciente. Porém, o resultado final somente depois de 2 meses, que o paciente conseguirá visualizar as orelhas como elas ficarão.

Vale ressaltar que a boa recuperação e o bom resultado da cirurgia também depende da escolha de um médico sério e que seja realmente capacitado para fazer a correção das orelhas.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Cirurgias Plásticas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.