Selagem X Cauterização: Qual A Melhor Opção?

Você vai até um salão de beleza para tratar seus cabelos mas acaba ficando confuso. A única certeza que tinha é que queria tratar os fios, mas com tantos novos tratamentos a dúvida sempre resta. Os mais modernos são cauterização e selagem térmica, sendo a selagem mais nova e restando algumas duvidas. Os processos são semelhantes, mas há suas diferenças que são importantes de entender para escolher o processo correto de acordo com o resultado esperado.

Imagem de Amostra do You Tube

O Que É Cauterização?

Processo um pouco mais antigo nos salões de beleza, o foco da cauterização é regenerar os fios. O tratamento geralmente é oferecido a quem está com fios opacos, sem vida e precisando de uma reestruturação por conta dos processos químicos submetidos nos últimos meses, deixando os fios bem fracos. Apesar de ser chamado de cauterização, o termo correto para este tratamento capilar seria reconstrução térmica.

A cauterização não é um tratamento capilar indicado para quem não precisa. É preciso estar com os fios extremamente danificados para ser submetido a ele. Caso contrário, é dinheiro desperdiçado. O processo consiste em devolver os principais nutrientes da fibra capilar ao cabelo: queratina. Ele age nutrindo a cutícula aberta e a fechando depois do processo para o cabelo absorver todos os nutrientes do produto. E quanto mais nutrientes, melhor.

Cauterização

Cauterização

A cauterização é um produto semelhante a uma escova progressiva, mas seu foco não é alisar. Contudo, ela funciona termicamente, por isso muitas pessoas acham que estão alisando na cauterização quando na verdade estão hidratando os fios. O processo envolve lavagem do cabelo, aplicação do produto, secagem e depois passar a prancha alisadora para fechar as cutículas. Depois lava-se o cabelo e aplica-se novamente a máscara capilar para passar a chapinha e ai o produto vai ficar no cabelo por alguns dias. Nenhuma parte pode ser pulada para o processo funcionar. Por enquanto ainda não existe no universo da beleza a cauterização a frio, por isso o calor é indispensável para os ativos do produto funcionarem.

Os produtos para cauterização são vendidos apenas para profissionais por representantes da máscara. A química deixa um aroma agradável no cabelo, podendo ter até sabores. A aplicação consiste em uma ampola e uma máscara que devem ficar nos fios por ao menos três dias seguidos para continuar agindo. Durante este período os cabelos não podem ser lavados e nem muito presos, evitando-se também molhar para não danificar o tratamento. O intervalo entre uma cauterização e outra é de em geral 30 dias. Durante este período o cabelo deve apresentar brilho, maciez e uma cor mais intensa.

O que mais assusta as pessoas é que a cauterização pode ser mais longa que uma escova progressiva. A aplicação em duas etapas leva nada menos que duas horas ou mais, variando de acordo com o comprimento do cabelo. Durante este período não se pode sair do salão, por isso algumas mulheres consideram o processo cansativo. Contudo, os resultados já são vistos segundo após a aplicação em frente ao espelho. É na hora mesmo!

O Que É Selagem Capilar?

A grande dúvida das mulheres com relação a selagem capilar é o que ela tem de diferente quando se trata de tratar os fios. A selagem capilar tem como principal atrativo reestruturas os cabelos, sendo um tratamento mais moderno aplicado no país há menos de um ano. Chegou aos salões de bairros há pouco tempo. Mas o que tem de tão especial a selagem térmica? Ela alisa os fios!

A selagem funciona da mesma forma que a cauterização quando se fala em processo. Ambos são tratamentos que vão exigir uma tarde quase completa do cliente, ambos usam secador e chapinha e produtos para aplicar e deixar nos fios por ao menos três dias sem lavar e sem prender. Mas a selagem térmica alisa também! Ela usa os princípios ativos da escova progressiva, por isso alisa ao mesmo tempo que hidrata.

Selagem Térmica

Selagem Térmica

A selagem térmica ajuda a reestruturar os fios enviando proteínas e queratina, ingredientes necessários para se ter uma fibra capilar forte, bonita e resistente. Por meio da alta temperatura do secador, o produto penetra na cutícula capilar já aberta e age de forma a ajudar o fio a se regenerar. A chapinha fecha a cutícula e o produto fica agindo. Enquanto isso, secador e prancha alisadora modelam e deixam os fios lisos. Ou seja: você está alisando enquanto está ajudando seu cabelo a ficar mais bonito e saudável.

O processo não é desgastante mas excesso de química e queratina pode danificar os fios, por isso o recomendado é manter um intervalo de ao menos 60 dias entre uma selagem e outra. O processo também é gradativo: quanto mais se sela os fios desta forma, mais liso eles vão ficando.

Selagem Ou Cauterização?

Em teoria todo mundo deve preferir a selagem térmica porque é dois eu, alisando e tratando, correto? Não é bem assim. Isso vale para quem precisa dos dois tratamentos. A selagem térmica é um bom substituto da escova progressiva, que usa ativos bem desgastantes para os fios. Também pode substituir outros processos de alisamento como alongamento ou escova definitiva, pois quanto mais se sela os fios, mais lisos eles ficam. Tal qual a escova progressiva.

Para quem apenas precisa hidratar os fios, a cauterização é mesmo o ideal. O tratamento conserva os cachos e mantém os fios hidratados por muito tempo. Mas mesmo assim não dispensa uma hidratação capilar ao menos quinzenal, sempre importante. Quanto mais se hidratar os cabelos melhor ainda para conservar a cauterização.

Todo Mundo Pode Fazer!

O que há em comum entre os dois processos é que ambos podem ser feitos pela pessoa no mesmo estado. Os fios com necessidade de tratamento, desgastados, com queda e opacos podem entrar no processo. Os bons também para ter cabelos bonitos e bem nutridos. A única diferenciação real é mesmo em relação ao alisamento proporcionado na selagem térmica, apenas temporário na cauterização.

Imagem de Amostra do You Tube

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>